domingo, 10 de agosto de 2014

HÁ MAIS PAIS DO QUE MÃES NO UMBRAL




CHICO XAVIER ALERTA OS PAIS: "Várias vezes visitei com Emmanuel e André Luiz, as regiões do Umbral... Não vi por lá uma criança sequer, mas pude observar muitos pais que se responsabilizaram pela queda dos filhos - mais pais do que mães!..."
Fazer filho qualquer homem pode fazer. Mas ser PAI vai além de uma simples satisfação sexual. Há as responsabilidades com aquele espírito que está voltando. E que, antes de ser nosso filho, é filho de Deus. Sabemos que muitos pais são responsáveis, ás vezes, mais que as mães. À eles deixamos nosso respeito. Mas, precisamos alertar os irresponsáveis. Infelizmente, nossa sociedade ainda é machista. E uma grande parcela de culpa é de quem cria os meninos com este conceito. Observem que, a mulher é "mãe solteira", o homem não recebe o título de "pai solteiro". A mulher é chamada de "vadia, vagabunda, sem vergonha", etc., e o homem de "garanhão". Não vemos homens recebendo os mesmos títulos. Quem sofre com o estupro, é a mulher. Quem entra na Justiça para buscar pensão é a mulher. Na certidão de nascimento vemos "pai desconhecido" e não o contrário. Então, aos homens, diremos que, se cuidem, pois na próxima encarnação poderão nascer num corpo feminino e nele sofrer o mesmo abuso e desrespeito que estão fazendo as mulheres passarem, além de passar um tempinho no Umbral. E para as mulheres diremos, cuidem-se, valorizem-se e se acaso o homem que você escolheu para ser pai de seu filho não correspondeu às suas expectativas, crie seu filho com dignidade e responsabilidade. Pois, há muitas mulheres iludidas com os prazeres "passageiro" do mundo e negligenciando a maternidade. Algumas delegam a terceiros a guarda do filho em nome da "liberdade". Outras, quando formam nova família descartam o filho do primeiro casamento. A estas dizemos: "lembrem-se, vocês também responderão perante a lei divina." No umbral há mais pais do que mães, mas há mães também. Na questão 208 de “O Livro dos Espíritos”, está escrito que: "...os pais têm por missão desenvolver a evolução de seus filhos pela educação. Constitui-lhes isso uma tarefa. Tornar-se-ão culpados, se vierem a falir no seu desempenho.”
Vejamos que, não basta pagar pensão, dar comida, instrução escolar, roupas, laser ou fazer todas vontades dos filhos deixando-os achar que os pais são gênios da lâmpada onde, basta eles fazerem um pedido e os pais saem correndo para realizar. É primordial educar moralmente, dando-lhes noção de respeito, de cidadania, deveres dentro do lar, na escola, etc.. Então, é melhor pensar na responsabilidade que é trazer um espírito ao mundo dos encarnados ou adotar um filho. Fica a reflexão.


Texto de Rudymara



Nenhum comentário:

Postar um comentário